Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > HC sedia encontro da Comissão Nacional de Ética e Pesquisa
Início do conteúdo da página

HC sedia encontro da Comissão Nacional de Ética e Pesquisa

Publicado: Sexta, 27 de Outubro de 2017, 20h19 | Acessos: 92

Na manhã da última quinta-feira (26), a  Fundação Hospital de Clínicas Gaspar Vianna (FHCGV) e a Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (CONEP), realizaram a abertura do treinamento de ética e pesquisa em projetos de pesquisa que envolvendo seres humanos das regiões Amapá e Pará. O evento ocorreu no auditório Dr. Ronaldo de Araújo, da FHCGV, durante os dias 26 e 27 de outubro.

 

 

A diretora da Fundação Hospital de Clínicas Gaspar Vianna, Dr. Ana Lydia Cabeça, enfatizou a importância do evento para a região norte. “Pra nós é uma grande honra receber um evento tão importante de caráter nacional, e que privilegia o ensino ea pesquisa no nosso país, onde iremos poder ver as boas práticas e a ética em projetos de pesquisa”, enfatizou a diretora.

 

Um dos principais objetivos do evento foi promover a capacitação dos Comitês de Ética em Pesquisa (CEP) locais, que são associados ao CONEP, para promover melhores atendimentos e análises dos projetos desenvolvidos na região. "A capacitação de pesquisa que a CONEP está realizando aqui em Belém é para os CEPS regionais, para  promover o melhor atendimento de análise e protocolos de ponto de vista da ética e a pesquisa”, enfatizou o secretário executivo da CONEP, Pedro Binsfeld. “ São dois elos importantes, que devem ser protegidos.  No caso, o participante de pesquisa para qual se aplica esse sistema, e a outra, para a realização de projetos de pesquisa dentro da Instituição ou na região pelo fato de estarmos treinando todo o estado do Pará e Amapá”, completou.

 

O secretário afirmou que capacitar a região norte para pesquisa é necessário para o desenvolvimento da área.  “Temos que qualificar o docente e o pesquisador para que ele possa cada vez mais fazer pesquisas com qualidade.Teremos uma contribuição a médio prazo com a transformação que vai promover o desenvolvimento do país, e atrair pesquisas clínicas para o Brasil, especificamente nas áreas tropicais, no caso na região norte. Logo fazer esse tipo de atividade é muito produtivo e contribuirá para o desenvolvimento de pesquisas ", comemora o secretário.

 

A pesquisadora Cândida Oliveira, que faz parte da equipe de Hepatologia do Instituto Evandro Chagas, e tem sua pesquisa de doutorado focada em um programa de virologia para população com até 19 anos, esteve presente durante o treinamento. Cândida avaliou o treinamento como fundamental, uma vez que a ética é essencial para proteger o pesquisador e o participante da pesquisa. "Esse evento é fundamental porque a ética é fundamental em qualquer pesquisa que você desenvolve. Muitas vezes é pensado que o comitê de ética é para proteger o pesquisador, mas na verdade o participante da pesquisa é o principal foco, que muitas vezes não conhece seus direitos", avaliou a pesquisadora.

registrado em:
Fim do conteúdo da página