Endereço:

Trav. Alferes Costa nº2000 - Bairro: Pedreira / Belém - Pará

HC estabelece novas regras para acesso e funcionamento de serviços 

Considerando a pandemia do novo coronavírus, a direção da Fundação Hospital de Clínicas Gaspar Vianna (FHCGV) estabeleceu, temporariamente, novas regras gerais para acesso e funcionamento de serviços, e que entram em vigor a partir desta segunda-feira (23).

A partir de agora será permitida a entrada de apenas um (1) acompanhante para pacientes psiquiátricos, idosos (mais de 60 anos), crianças e adolescentes (menores de 18 anos), ou usuários que necessitem de auxílio ou possuam alguma incapacidade. Não será permitida a entrada de pessoas com mais de 60 anos e menores de 18 como acompanhantes  de pacientes.  

A visitas às UTIs foram reduzidas para uma vez ao dia (tarde), e será permitida a entrada de um (1) visitante. O boletim médico será feito, a beira-leito. Por hora as visitas estendidas e ampliadas estão suspensas. 

Nas enfermarias as visitas foram suspensas e os pacientes terão direito a um (1) acompanhante.

A FHCGV não faz parte da rede de atendimento de urgência, emergência e internações para avaliação e triagem dos casos suspeitos de infecção pelo covid-19. Todos os pacientes a serem atendidos com este perfil, devem ser referenciados e regulados pela SESPA para os hospitais de referência. O acesso dos usuários à rede SUS é o mesmo das especialidades referência da FHCGV (Cardiologia, Nefrologia e Psiquiatria). 

Mesmo não sendo fazendo parte da rede referência estadual para atendimento do covid-19, a FHCGV já elaborou um plano de contingência para a oferta de leitos.

Tendo em vista a necessidade de possível  utilização de leitos para pacientes suspeitos ou confirmados com covid-19, as cirurgias eletivas serão suspensas a partir do dia 23/03, devendo ser reagendadas após 90 – 120 dias. 

Atendimentos de consultas, exames de laboratório e de imagem, e cirurgias ambulatoriais, serão suspensas ou reduzidas a partir de 23/03, com a presença nesses setores de um quantitativo mínimo para o atendimento de usuários que se dirigirem ao hospital. Os atendimentos serão reagendados após 90 -120 dias. Casos excepcionais serão avaliados.

As emergências de psiquiatria e cardiologia continuam abertas e funcionando normalmente.

Leave a Comment

(1 Comment)

  • marcia do carmo monteiro da silvA

    amo esse hospital ….
    ja fiz parte do quadro de funcionarios por 11 anos.
    parabens!

  • O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *