Endereço:

Trav. Alferes Costa nº2000 - Bairro: Pedreira / Belém - Pará

HC treina servidores no uso do PAE

A tramitação eletrônica, que é a movimentação de qualquer tipo de documento via meio eletrônico, começa a ser utilizada em larga escala dentro do serviço público, tendo sido adotada, e regulamentada, na esfera federal há 5 anos. O sistema, que consiste na transferência da gestão de documentos e de processos eletrônicos físicos para um meio virtual, é operacionalizado dentro da administração estadual pelo Processo Administrativo Eletrônico (PAE), plataforma online desenvolvida pela Empresa de Tecnologia da Informação e Comunicação do Estado do Pará (Prodepa), com o apoio da Secretaria de Estado de Planejamento e Administração (Seplad), que desde o ano passado vêm ampliando a utilização do PAE nos órgãos públicos.

 

A Fundação Hospital de Clínicas Gaspar Vianna (FHCGV), através dos seus núcleos de Gestão com Pessoas (Nugepes), de Tecnologia da Informação (NTI) e da Gerência de Ensino e Pesquisa (GEP), iniciou hoje (15/07) treinamento para a implementação do PAE. Foram formadas turmas com sete participantes cada, tendo sido selecionados servidores de diversos setores, prioritariamente aqueles em cargos de chefia e auxiliar administrativo. “A intenção é ampliar o conhecimento dos servidores para a utilização do PAE”, informa Gilvanilde dos Santos, assessora do Nugepes.

 

A pedagoga Vanise Cavalcante, que trabalha no Nugepes, lembra quando “os processos eram tramitados fisicamente”, o que dificultava o andamento de algumas ações. Agora, depois de participar da primeira turma treinada pelo HC para utilizar o PAE, a pedagoga percebeu outras vantagens, além da  “agilidade nos processos”, como ressalta. “Os processos serão tramitados virtualmente, sem a necessidade de impressão, neste aspecto trabalhamos a questão da sustentabilidade, reduzimos custos e agilizamos os processos, uma vez que uma tramitação de um órgão para outro, que poderia levar dias, agora temos a possibilidade de fazer em minutos”, comemora a pedagoga.

 

A quantidade de papel que chega à mesa de trabalho de Geane Souza, secretária do gabinete da presidência do HC, é muito grande. “É muito papel! Como a presidência é um lugar que é como um filtro, chega papel de todos os setores, a demanda é muito grande”, declara ela. Mas as coisas já começam a mudar. “Com a implantação do PAE deve melhorar muito, vai evitar essa aglomeração de papel, e você vai ter mais agilidade, porque vai trabalhando diretamente o sistema. Vai ser muito bom!”, exulta Giane.

 

Economia e sustentabilidade – E o números não desmentem a secretária. Segundo dados referentes ao primeiro bimestre de 2020, levantados pela Diretoria de Gestão e Logística (DGL) da Seplad, foram criados 106.475 processos eletrônicos, fechando a produção digital em 66%, e a física em 34%, gerando economia de 1.018 caixas de arquivo, 36 estantes de aço e 135 árvores preservadas. A redução em reprografia também foi expressiva, totalizando menos R$105.935,64 gastos dos cofres públicos.

 

Leave a Comment

(0 Comments)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *