Endereço:

Trav. Alferes Costa nº2000 - Bairro: Pedreira / Belém - Pará

Hospital de Clínicas vai aumentar atendimento psiquiátrico

O Governo do Pará, por meio da Secretaria de Planejamento e Administração (Seplad), vai investir na construção de um novo prédio para abrigar a emergência psiquiátrica da Fundação Hospital de Clínicas Gaspar Vianna (FHCGV). A obra será licitada pela Secretaria de Estado de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas (Sedop). 

Com o objetivo de melhorar o atendimento aos pacientes psiquiátricos e ampliar o número de leitos, a direção da FHCGV criou um plano diretor de modernização, atualização e crescimento do hospital, que prevê a construção de novas instalações que vão ampliar a emergência psiquiátrica. A construção dessa nova unidade vai permitir um melhor atendimento à população, que tem a FHCGV como o único hospital, no Estado do Pará, no tratamento psiquiátrico de emergência, atendendo pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo Ivete Vaz, diretora-presidente da FHCGV, o processo para a construção das novas instalações já foi iniciado, e a parceria com as duas secretarias vai trazer celeridade ao projeto. “Estamos muito felizes com essa parceria com a Seplad, no projeto de reforma da psiquiatria do HC, que já vinha desde 2018. Uma psiquiatria que precisa ser vista com bons olhos. Assim que assumi procurei a Seplad e, para nossa surpresa, a dra. Hana Ghassan nos informou que o recurso já está reservado e que só bastava fazer o projeto e a licitação. O próprio governador pediu que a obra fosse licitada pela Sedop. Já iniciamos o processo, o memorial descritivo e o detalhamento das necessidades já estão prontos, então a Sedop vai fazer os projetos arquitetônicos e a licitação dos projetos executivos e da obra.”, garante a diretora-presidente.

O projeto prevê a construção de um pavimento térreo, com 30 leitos de observação e 12 boxes de primeiro atendimento, onde as equipes encarregadas terão toda estrutura de apoio necessária para atender os usuários. As ambulâncias terão acesso por uma área coberta e protegida, preservando a privacidade dos pacientes. Os usuários que estiverem estáveis serão recebidos em uma ampla sala de espera com 30 lugares, com acesso ao registro de atendimento, serviço social, atendimento de enfermagem e médico e serviços de apoio. Pacientes mais agitados serão levados para uma sala de espera reservada, com classificação de risco.

A ala psiquiátrica da FHCGV foi inaugurada em 1989, tendo sido o primeiro setor a funcionar no hospital. Atualmente é composta pela emergência psiquiátrica, com 20 leitos, e pelo Setor de Internação Breve (SIB), com 40 leitos. A média de atendimentos mensais na emergência psiquiátrica é de 850 pacientes.

Tratamento – A pessoa em sofrimento mental pode procurar atendimento em uma Unidade Básica de Saúde ou em um Centro de Atenção Psicossocial (CAPS). Porém, se estiver em crise, pode ser encaminhada diretamente ao serviço de emergência psiquiátrica da Fundação Hospital de Clínicas Gaspar Vianna (FHCGV).

A FHCGV atende emergências psiquiátricas a pacientes que apresentam graves alterações de comportamento e de humor. 

Leave a Comment

(0 Comments)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *