Endereço:

Trav. Alferes Costa nº2000 - Bairro: Pedreira / Belém - Pará

Hospital de Clínicas discute papel do psicólogo na pandemia

Entre as diversas áreas de atuação de um psicólogo, talvez uma das mais solicitadas no momento esteja na Psicologia da Saúde e Hospitalar. O crescimento pode ser relacionado aos impactos do cenário de luto, isolamento social, distanciamento familiar, vivido em decorrência da pandemia do novo Coronavírus – Covid 19.

O cenário que mudou a rotina de ambientes hospitalares em todo o mundo foi um dos temas abordados pelas psicólogas Tatiana Montalvão e Rosângela Abufaiad, da Fundação Hospital de Clínicas Gaspar Vianna, em uma live na última quinta-feira (27), data em que se celebra o Dia do Psicólogo e o aniversário de 58 anos da regulamentação da profissão no Brasil.

Atualmente, a instituição conta com 28 psicólogos atuando com os pacientes de todas as especialidades e que, nos últimos meses, viveram experiências marcantes para a profissão, com o surgimento e rápido avanço de uma nova doença grave e até então sem cura.

“Em um ambiente de rápidas mudanças e de tensão para todos os profissionais, nossos psicólogos foram fundamentais. Com a pandemia, isso se intensificou e ressignificamos nosso trabalho. Usando a tecnologia, substituímos as visitas presenciais por vídeo chamadas para pacientes. Também aumentamos o número de atendimentos aos nossos servidores, também por vídeo chamadas, já que muitos estavam na linha de frente, isolados da família, com receio de adoecer ou levar vírus para dentro de casa, bem como pelo adoecimento psíquico dos mesmos em função da pandemia”, explica Tatiana Reis, psicóloga e chefe do Serviço Biopsicossocial do Hospital de Clínicas.

Tatiana ressalta ainda um aumento na busca por atendimentos psicológicos, se estendendo para outras áreas além do ambiente hospitalar, o que evidencia a importância desses profissionais pós-pandemia. “Algumas das sequelas do novo coronavírus estão relacionados a impactos sociais, físicos e emocionais significativos que estão trazendo à tona doenças que já existiam e que eram tratadas com o suporte da psicologia. Por isso, é importante a pessoas entenderem a importância desse profissional, assim como buscarem atendimento quando precisarem”, complementa a psicóloga.

 

Leave a Comment

(0 Comments)

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *